14 de abr de 2017

Como ser um discípulo


Olá ! Mais uma vez sumida do blog, não é mesmo ?
Mas hoje eu estou de volta com um post rapidinho pra vocês ok ?

Como vocês já viram no título, vamos falar hoje sobre como ser um discípulo. Mas como assim um discípulo ? 
Um discípulo é aquele que convive e segue todos os passos do seu mestre. Aprende com ele, olha para ele, fala e age como ele. Infelizmente nesses dias vemos pessoas sendo discípulas de pastores, cantores e não do nosso Mestre Jesus Cristo. 
O post de hoje visa ensinar você, a ser um discípulo do verdadeiro mestre.
Obs.: Os tópicos falados aqui foram retirados de um estudo da Bíblia Caminho e escrito pelo Pr. Jaime Kemp. Mas o desenvolvimento da ideia foi produzido por mim. 


Um discípulo permanece na Palavra

Um discípulo baseia suas atitudes na palavra de Deus. Suas atitudes, suas palavras e seu modo de viver não é baseado em achismos,no que alguns pastores falam - a menos que o que eles falem seja baseado na Palavra também -, no modo de vida de Priscila Alcântara... Não. A vida de um discípulo deve ser baseada na Palavra.                             O nosso Mestre nos ensina isso em Mateus 4.1-11 / Marcos 1.12-13 / Lucas 4.1-13 ao ser tentado por Satanás no deserto enquanto jejuava. Diante das acusações do inimigo, suas respostas foram todas baseadas na palavra, e "então o Diabo foi embora (...)". Exatamente assim deve ser a vida do discípulo.

Um discípulo tem amor pelos outros

Um discípulo ama o seu próximo e a Deus.
O Mestre sempre reforçava essa ordenança. Ele sempre lembrava aos seus discípulos como amar ao próximo era importante e como fazendo isso cumpriríamos todas as outras leis. E o Mestre demonstrou isso da maneira mais grandiosa possível: dando a sua vida pelos seus discípulos.
Portanto, um discípulo deve sempre ajudar seu próximo em suas dificuldades materiais e espirituais, deve se compadecer por ele quando ele errar e quando acontecer, não julgá-lo mas se amá-lo. 

Um discípulo coloca Jesus em primeiro lugar

Pode parecer fácil na teoria. Mas não é.
Colocar em primeiro lugar não se resume apenas a orar assim que acordar, mas sim colocá-lo a frente da sua própria vida, da sua família, dos seus amigos, do seu lazer.
E podemos ver que os discípulos aprenderam isso muito bem, pois todos eles deram a sua vida pelo evangelho e como o próprio Paulo disse eles "não davam valor algum a sua própria vida, o que importava era que o evangelho fosse anunciado." 
Sabe uma forma de colocá-Lo em primeiro lugar ? Lembrando que ELE fez o mesmo por você.

Um discípulo produz frutos 

Um discípulo faz de tudo para produzir frutos. Ele busca mostrar a outros que eles precisam ser discípulos de Cristo também.                                                                         "Pois a árvore que não produz frutos será arrancada e lançada fora."
Procure levar o evangelho a todo o mundo e pregá-lo a toda a criatura. Você pode começar pela sua família, pelos seus amigos, pelos seus colegas e daí em diante expandir a palavra de Deus em todo o mundo.

Nossa, como senti saudade de escrever um pouquinho pra vocês.
Muito obrigado pelos comentários do post anterior, e antes de ir embora quero pedir a vocês três favores: Comente, compartilhe esse post com alguém que esteja precisando lembrar-se de como ser um discípulo e ore por Háten. Ele é um jovem rapaz aqui da minha cidade e que há mais de 1 ano vem sofrendo com uma doença terrível e está sempre se contorcendo e se segurando para não gritar de dor. Sua doença ainda não foi descoberta, portanto não se sabe se tem cura ou se ele vai sobreviver a tanta dor. Porém, o Háten é um jovem de muita, muita fé e com certeza, se todos orarmos, ele vai conseguir sobreviver e será curado.
Continuem voltando aqui no blog, eu farei o mesmo, e logo, logo teremos uma resenha de dois livros ma-ra-vi-lho-sos da Carla Montleber e uma entrevista com a mesma.
Aguardem,
Beijos.

15 de out de 2016

O Perigo da Convivência

#FATO
Olá galera !
Eu tenho sumido definitivamente do blog, não é mesmo ?
Mas há algum tempo eu tenho sentido vontade de falar com vocês sobre o tema acima e hoje eu resolvi vir aqui falar com vocês.


O Perigo da Convivência

"Bem aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta no roda dos escarnecedores (...)"

 Hoje vamos falar sobre o perigo da convivência. Mas antes precisamos saber o que é convivência.
convivência
substantivo feminino
  1. 1.
    vida em comum; contato diário ou frequente.
    "a c. em família"
  2. 2.
    intimidade, familiaridade.
    "evita a c. com vizinhos"

Ou seja, conviver é ter um contato diário ou frequente com algo ou alguém.
Simples.
E qual é o problema nisso ?
O problema é que nós - principalmente os jovens - temos convivido com as pessoas erradas e com as coisas erradas. 
O Senhor deixa claro em Salmos 1 que Bem aventurado aquele que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se assenta no caminho dos pecadores, nem se detêm na roda dos escarnecedores. Ao nos determos, nos assentarmos e andarmos com os pecadores, escarnecedores e ímpios nós corremos os riscos da convivência.
Aí você pode falar: " Mas Kelly, o próprio Jesus andou com os ímpios, pecadores e escarnecedores e nos incitou a isso dizendo que devemos falar do seu amor a toda a criatura."
O que as pessoas que usam desse argumento não percebem é o que havia por trás da convivência de Jesus com os ímpios: Conhecimento.
Jesus conhecia a Palavra de Deus, tinha comunhão com Ele e vivia sempre em Jejum e oração. Perceba você, que Jesus passou a conviver mais diretamente com os pecadores após seu período de 40 dias de Jejum e oração no deserto. Antes disso a Bíblia só mostra a convivência de Jesus com seus pais,João Batista, com os mestres da lei e quando bebê com Simeão e a profetisa Ana (Lc 2.22-38). Ou seja, só devemos ter uma comunhão mais "íntima" com o mundo e as pessoas que são do mundo quando tivermos uma comunhão mais íntima com Deus.
Com isso eu não quero dizer que não devemos sequer falar com as pessoas do mundo -jamais. O que eu quero passar aqui é que não devemos ter intimidade com o mundo, mas quando tivermos, façamos isso com comunhão com Deus e prudência. Caso o contrário correremos os perigos da convivência. E quais são eles ?
Os perigos da convivência são dois: Aceitação e Prática
Uma coisa leva a outra, mas vamos com calma.

"Eles sabem que o mandamento de Deus diz que aqueles que fazem essas coisas merecem a morte. Mas mesmo assim continuam a fazê-las e, pior ainda, aprovam os que fazem as mesmas coisas que eles fazem"
Romanos 1.32

Aceitação

A aceitação ela se dá pela convivência.É inevitável.
Pense comigo: logo quando essa onda gay, homossexual, lésbica e pecaminosa surgiu todos acharam isso um absurdo, uma coisa de outro mundo, um pecado sem tamanho. Agora, quando todos aderiram a isso, quando vemos um gay na rua achamos isso completamente normal. Quase todos nós temos um amigo com voz enjoada não é mesmo ? Após um certo tempo convivendo com ele, aquela voz que no início nos era absurdamente chata, agora passa a ser algo normal, você se acostuma com aquela voz.
Simplificando, o perigo é: Quando você passa a conviver demais com o pecador você se acostuma com o pecado que ele pratica e isso passa a ser algo completamente normal para você.
E esse perigo, em alguns casos, leva a outro:

Prática

Não em todos, mas na maioria dos casos, quando você passa a achar aquilo normal pode ser que você o pratique ou sinta desejo de fazê-lo - o que dá quase no mesmo.
Luana tem uma amiga que trai o marido. Apenas Luana e sua amiga sabem disso. Luana é crente e está sempre aconselhando sua amiga sobre suas atitudes para com o marido. Mas o problema é que sempre que vai a casa de Luana, sua amiga conta a ela suas experiências com o amante. Como a convivência é constante, Luana passa a achar aquilo uma coisa normal(aceitação) e passa a ter curiosidade para fazer o mesmo. Essa curiosidade leva a prática e o casamento de Luana está destruído.

Você vê como a convivência leva as pessoas a cometerem o pecado que anteriormente desprezavam ?
Esse é o perigo da convivência.
Se é assim, então com quais pessoas não devemos conviver ?
Para você ter uma ideia geral abra sua Bíblia no livro de Romanos 1.18-32 e leia rapidinho.
Agora que você já leu vamos continuar.


  • IDÓLATRAS (RM 1.23-25): Devemos nos afastar daquelas pessoas que idolatram algo ou alguém. Seja um ídolo ou um famoso, youtuber, quem quer que seja.Afaste-se dos idólatras.
  • ATEUS (RM 1.19-22): As pessoas ateias tem um forte poder de persuasão e o levam a questionar a existência de Deus e se ele realmente é bom. Nós sabemos que nem tudo nos foi revelado mas que será revelado naquele grande dia, e que os pensamentos do Senhor são maiores que os nossos. Não devemos questioná-lo, devemos adorá-lo.
  • HOMOSSEXUAIS (RM 1.26-27), (LV. 18.22): Homossexualidade é pecado sim. Portanto devemos nos afastar de pessoas homossexuais. Isso não significa que devemos ser homofóbicos. Nunca. Nós devemos amar o pecador e odiar o pecado.
  • PERVERSOS: Ao conviver com pessoas perversas você passa a aderir a suas práticas pecaminosas. A mesma coisa ocorre na convivência com os:
  • MENTIROSOS
  • IMORAIS: Quando você convive com os imorais, você passa a ter a chamada "mente poluída" que pra despoluir dá um trabalho...
  • ORGULHOSOS
"Pois assim como Eva foi enganada pela cobra, eu tenho medo de que a mente de vocês seja corrompida e vocês abandonem a devoção sincera e pura a Cristo"
2 CO 11.3

EXEMPLOS DE PESSOAS QUE PERDERAM A SUA SALVAÇÃO POR CAUSA DA CONVIVÊNCIA COM AS PESSOAS ERRADAS

  • POVO DE ISRAEL: Ao conviver por 400 anos com os Egípcios e 40 anos com os babilônicos e tantos outros povos, o povo de Israel acabou praticando os mesmos pecados que eles (idolatria, feitiçaria,prostituição e tantos outros pecados).
  • SALOMÃO: Sobre esse aí não precisamos nem falar, não é mesmo? Após ter 1.000 mulheres cada uma de um povo diferente era óbvio que ele acabaria praticando seus costumes pecaminosos. E foi exatamente isso que aconteceu. Salomão não só passou a adorar vários deuses como também construiu templos para os mesmos.
  • SANSÃO: A Bíblia relata as idas de Sansão a Gaza. Lá ele conheceu três mulheres que destruíram a sua vida espiritual.
Mas não se desespere, nós temos pessoas que conviveram com o pecado e não se contaminaram:
  • Daniel: que viveu no palácio do rei da Babilônia mas que ao invés de se contaminar com o mundo, levou-o a conhecer ao Deus verdadeiro.
  • José: que viveu na casa de Potifar e depois se tornou governador do Egito, mas que venceu as tentações mundanas e mudou a história das pessoas daquela época.
E tantos outros exemplos mais.
Mas, lembre-se: Eles só venceram o mundo pois tinham uma vida de oração e comunhão com Deus. Portanto, não espere vencer o mundo estando frio com Deus.







24 de ago de 2016

13 Momentos inesquecíveis dos meus 13 anos



Olá pessoal !
Esse post era para ter saído dia 22 de agosto (segunda-feira) no meu aniversário. Mas,ok.
Tá valendo do mesmo jeito.
E sim, segunda foi meu aniversário. E hoje quero compartilhar com vocês os 13 momentos inesquecíveis dos meus 13 anos.
Vamos lá ?


1. Aprendi a cozinhar


Sim pessoas, o ser humaninho aqui ama comer.
Mas cozinhar que é bom, neco.
Mas esse ano eu aprendi, mesmo que sendo por uma causa ruim (saiba mais clicando aqui), mas eu aprendi sim senhor.
De vez em quando, acontecem umas tragédias aqui em casa, mas nada que valha a pena ser narrado aqui, então - como dizem os barroquenses - disfarça.

2. Cantei em um palco pela primeira vez

Foi durante meus 13 anos em que eu fiz minha primeira aparição em um palco ( primeira porque eu tenho uma carreira brilhante de cantora pela frente #SQN).
Eu e o grupo de louvor da minha igreja fomos convidados para o encerramento de uma festa da Igreja Batista Betel e eu e mais duas irmãs da igreja cantamos juntas - momento para suspense - em um palco.
Aline Barros que me aguarde...

3. Comecei - finalmente - a fazer um curso de inglês


Eu já falei várias vezes aqui no blog sobre esse meu sonho, que é fazer um curso de inglês e ficar fluente um dia.
O problema é que eu não fazia nenhum curso, e os da internet eu não gostava porque eu os achava muito chatos. Mas, neste mês, mês do meu birthday, eu finalmente entrei em um curso de inglês. Eu estou tendo aulas na Fisk.
Aguardem porque em algum outro post eu vou falar um pouquinho mais sobre o curso. 

4. Primeira viagem em família


Sabe aquela famosa frase da Kika ?
"Se eu contar, você não vai acreditar"
Pois bem, era isso que eu respondia quando me perguntavam para onde eu ia com minha família nas férias. Mas agora eu tenho uma resposta a dar.
Eu vou para a Convenção !
Eu já fui para a convenção uma vez em 2000 e alguma coisa - viagem essa em que eu quase morri tentando salvar um celular - onde eu só passei uma tarde e voltei. Mas desta vez eu fui e fiquei 3 dias. Vale ressaltar que também foi a primeira vez que eu fiquei em um hotel. O que eu tenho a dizer sobre é: apertado.

5. Marcações


Neste ano, aconteceram coisas muito especiais no quesito amigos.
Eu me tornei amiga de pessoas que eu já conhecia. Mas só conhecia.
Agora nós somos amigas e nos marcamos em tudo.
Sabe quando você vê alguma coisa no facebook e acha aquilo a cara do seu amigo e o marca ? Então é isso que acontece exatamente o tempo todo comigo, Isa e Náiade ( pessoas maravilhosas que, caso elas autorizem, vou falar um pouquinho mais sobre elas aqui, principalmente sobre os cabelos).

6. Aniversário surpresa

Neste ano eu tive um aniversário surpresa ( mas não vou falar sobre aqui porque ele aconteceu depois que eu fiz 14 anos então não conta) e eu também fiz um aniversário surpresa. Foi para minha BFF Vitória Maria (Bi), e foi muito legal.
Mas também é muito desgastante planejar aniversário, então, a única coisa que eu penso é: ainda bem que eu não vou fazer aniversário de quinze anos.

7. Casamento de Fátima

Ainda sobre amigos...
Nesse ano uma moça aqui da igreja ( que está morando em São Paulo ) se casou #desencalhamesmoJesus, e resolveu fazer o casamento aqui na sua cidade natal.
Foi o casamento mais engraçado da minha vida ! Eu, Isa, Náiade, Vitória, Kézia, Kaylane e Paulinha temos muitas histórias engraçadas para contar. Primeiro: a noiva não queria sair do carro na hora de entrar na igreja - eu e minhas amigas precisamos puxa-la e gritar com ela para que saísse do carro. Segundo nós assustamos a garçonete que veio trazer os docinhos, porque nós somos um bando de formigas. E tantas outras coisas, que se eu for contar, esse post não acaba hoje.

8.Carta de Sara

Eu não sei vocês, mas eu sempre tenho uma professora que  amo de paixão e admiro muito.
Na alfabetização foi a pró Aline, da primeira á quarta série a pró Rebeca. E do oitavo ano para a vida é a professora Sara. Sara é uma daquelas professoras que você faz de tudo para agradar, sabe ? Mas comigo isso fluiu de uma maneira natural porque ela - pra mim- é uma pessoa muito especial e eu tento ser uma aluna e pessoa melhor para me parecer com ela, sabe ? E esse mês, durante os meus 13 anos eu recebi uma carta muito especial dessa professora. Foi um presente maravilhoso pois é bem legal saber que você é admirada pela pessoa que você admira, sabe ?
Tipo saber que seu crush também gosta de você.

9.Olimpíadas 

Ai gente, teve coisa mais maravilhosa que a abertura daquelas olimpíadas ?
Teve não gente, teve não...
Foi ma-ra-vi-lho-so.
Quanto a isso não preciso nem falar, não é mesmo ?

10. Primeira ida ao cinema

O filme que está em cartaz na minha vida é "Se eu contar você não vai acreditar 2".
Vocês acreditam que eu nunca tinha ido ao cinema ?
Pois bem, durante os meus 13 anos eu fui.
E assisti ao filme O Pequeno Príncipe - maravilhoso por sinal.
Eu achei o cinema maravilhoso. Principalmente pelo tamanho da pipoca.
É incrível gente, vocês não tem noção.

11. Dancei em público

Sim, eu também nunca tinha dançado em público ( na rua, em um show, essas coisas)
Minha estreia foi ao som da banda Som e Louvor.
Como eu não tenho nenhuma imagem do ocorrido, deixo aqui uma imagem que faça jus ao que aconteceu naquela noite.

12. Vi minha mãe pela última vez

Entenda lendo esse post aqui.
Não quero falar sobre o ocorrido nesse post porque é pra ser um post alegre, mas não tem como não deixar de citar esse fato, que é praticamente, o mais inesquecível dos meus 13 anos.

13. Aprendi um monte de coisas

Eu aprendi um monte de coisas nos meus 13 anos.
Aprendi que as pessoas mais maravilhosas do mundo são os nossos amigos, e que devemos fazer de cada momento com eles inesquecível.
Aprendi a ser mais paciente e pensar pela pessoa, no que a teria levado a tomar aquela atitude antes de julgá-la.
Aprendi, principalmente, a amar e dar mais valor a minha família e amigos. Porque eu aprendi - durante os meus 13 anos- o quão doloroso é perder alguém que você ama.
Portanto a frase que define os meus treze anos é:
" Estou cercada de pessoas maravilhosas, e isso é o que importa"

Um beijo enorme e até o próximo post.