14 de abr de 2015

Resenha - A Culpa é das Estrelas

Ooi galera !
Hoje vim aqui resenhar este livro que está sendo tão comentado ultimamente. E já que o assunto é resenha quero indicar aqui a resenha da San que está perfeitamente MARAVILHOSA. Quem não viu clique aqui para ver.
Agora vamos a resenha ?

 Fonte

Autor: Jhon Green
Título: A Culpa é das Estrelas
Páginas: 219 páginas
Editora: Intrínseca
Ano: 2013

Sinopse

Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante - o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos -, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

Hazel é uma garota de 16 anos que está com câncer de Tireoide com Metástase nos pulmões. Ela estava em estado terminal - mas através de um medicamento vai poder viver mais alguns anos - mas não ficava toda cheia de mimimi não, na verdade ela era muito realista e não ficava só chorando e tal, sabia que todos iam morrer um dia e não se abatia por isso. Mas aí a mãe dela resolve que ela está deprimida e a manda para um Grupo de Apoio. Obviamente ela detesta aquele lugar. Mas, um dia ela conhece o Augustus Waters um garoto que também tinha câncer mas que no momento estava SEC ( Sem Evidência de Câncer ) e foi lá apenas para acompanhar o seu amigo quase cego Isaac. Bom enfim, ele se conhecem e no decorrer da trama se tornam amigos. Durante o período da sua amizade (basicamente no dia em que eles se conhecem) ela conta para ele qual o seu livro predileto. Ela mantem uma amizade não-existente com o autor do livro ( Peter Van Houten ) e diz ao Augustus que gostaria de conhece-lo. Muitas coisas acontecem e um tempo depois através de uns Gênios realizadores de desejos que tem lá, eles conseguem viajar para Amsterdã - local onde o autor do livro que ela gosta mora - para conhece-lo.
Lá acontecem muitas coisas que são boas e ruins e no final ...


Minha Opnião

Eu achei o livro A Culpa é das Estrelas muito lindo ! Principalmente a capa. Olhando assim com efeitos e tal não parece ser lá essas coisas, mas olhando o livro físico é muiito lindo ! Dá uma vontade incrível de abraçar o Júlio Moreira (que na verdade adaptou a capa) e perguntar: " Cara como você conseguiu ?!". Créditos a Deus que escolheu uma cor tão linda pra pintar o céu.
Mas enfim o livro é muito legal e eu amei a Hazel. Na verdade acho que todo mundo esperava que eu falasse que amei o Augustus mas okay.
Enfim a Hazel é muito legal porque ela é muito engraçada,inteligente e realista. Como eu já falei  a Hazel não fica de mimimi por causa do seu câncer e isso é muito legal da parte dela. Ela fala tanta coisa inteligente que deixa qualquer um de queixo caído (detalhe: passei a estudar mais só pra ficar tão inteligente quanto a Hazel ). Sem contar que o humor da Hazel é uma coisa incrivelmente única.
O Augustus ( Gus para os íntimos ) não fica pra trás. È tão inteligente e engraçado quanto a Hazel. Como já dito antes eles se conhecem no grupo de apoio que na verdade eu acho desnecessário. O Grupo gente fica em um porão localizado literalmente no coração de Jesus - é que tem uma cruz no chão e eles sentavam bem no meio dela e lá foi onde o coração ficou - e é realizado por Patrick um sobrevivente do câncer nas partes intimas. Eu acho o Grupo de Apoio desnecessário porque o negócio todo é assim:
O Patrick fala como ele ficou bom. Depois cada um fala o seu nome, diagnóstico e como estava no dia. Eles oravam e... acabava.
Na verdade eu acho que não ajuda em nada. Na verdade orar ajuda sim e muito, mas o grupo e o procedimento em si não ajuda porque não tem nada demais nem de reconfortante para eles lá. 
O Livro em si é muito bom porque é claro não é baseado apenas no grupo. Depois de muitas coisas que acontecem eles vão para Amsterdã e lá acontecem tanto coisas muito boas quanto muito ruins e coisas que te deixam com raiva e tal.
Eu amei também o pai da Hazel que é um fofo. O lindinho chora por tudo e é um amor em pessoa. A mãe da Hazel é aquele típico mãe : atenciosa e cuidadosa. Trata a Hazel com o  maior carinho e se preocupa até demais com a filha ( Coisa que acontece muito com a minha mãe que também tem câncer e minha avó não fica um centímetro longe dela ).  Mas enfim eu amei o livro e como diz na capa Eu ri, chorei e quis mais. 
Apenas uma coisinha eu não entendi.
O que o título tem a ver com o livro ?
Se alguém souber deixa aí nos comentários.

Enfim gente.
Espero que tenham gostado.
Beijos estrelares para vocês. 
E não saia sem comentar Okay ?




6 comentários:

  1. Realmente esse livro mostra como o amor não tem restrições, assim como o Senhor Jesus nos ama sendo nós com todos os defeitos e imperfeições que temos.
    Abraços linda, Deus a abençoe muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é.
      È muito lindo e muito triste também por conta da situação deles. Mas realmente é lindo.
      Beijos...

      Excluir
  2. Gostei da sua resenha flor,muito linda história
    beijos

    Blog Moda e Bom Gosto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que tenha gostado Rosa.
      Eu também acho linda a história da Hazel e do Gus.
      Beijos...

      Excluir
  3. Amei a resenha ^^ Eu já li o livro,e realmente a história é muito linda,e adaptação para o cinema ficou perfeita,pq ao contrário da maioria das adaptações,ela foi fiel ao livro,até nos mínimos detalhes.Detalhe:chorei no fim do livro,e mesmo sabendo o fim da história,também chorei no fim do filme :3 Quanto ao título,no fim do livro tem uma passagem que fala sobre as estrelas e deixa claro o pq do título,só q ñ lembro mais como é :3

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah tá.
      Vou dar um olhadinha melhor e ver se acho.
      A adaptação para o cinema ficou ótima mesmo.
      Amei.
      Beijos..

      Excluir